15 Fatos que Ajudam Você a Interpretar a Lista “Fortune 500”

Por Kayleigh Yerdon, Universidade Cornell Nós ouvimos, frequentemente, o nome “Fortune 500”, quando discutimos sobre as grandes empresas e os seus presidentes-executivos, mas muitas pessoas não entendem, realmente, o que é a lista “Fortune 500” ou a importância das empresas listadas. Nesta segunda-feira, a lista “Fortune 500” mais recente foi liberada, e os mercados pareceram reagir diferentemente às ascensões e às quedas das empresas. Nós fizemos uma lista de fatos úteis sobre a “Fortune 500”, para que ajudemos você a pensar sobre a relação que a lista tem com os seus investimentos.

  1. Primeiramente, a lista “Fortune 500” mais recente pode ser encontrada aqui.
  1. Ela é uma lista anual das maiores empresas dos Estados Unidos da América, relacionando a renda e o lucro totais mais recentes de cada empresa.
  1. A Revista Fortune tem compilado a lista todos os anos, desde 1955, o que faz da lista deste ano a 62ª versão.
  1. As empresas na lista possuem, agora, a renda igual a dois terços do PIB dos Estados Unidos da América. Isso significa que essas 500 empresas têm o dobro da renda de outras quase 6 milhões de empresas estadunidenses juntas!
  1. Para sermos exatos, as 500 empresas listadas registraram o total de 12 trilhões de dólares estadunidenses em renda e 840 bilhões de dólares estadunidenses em lucros neste ano.
  1. Podem ser comparados aos números de 1995, quando a renda das empresas da lista “Fortune 500” igualaram, apenas, 58,4% do PIB dos Estados Unidos da América. Basicamente, nas últimas duas décadas, nós temos visto um aumento enorme das maiores 500 empresas dos EUA.
  1. Caso estejamos falando sobre o grande crescimento, devemos, também, perceber que as empresas da lista “Fortune 500” empregam, agora, no mundo inteiro, 27,9 milhões de pessoas. Se você precisa duma referência, isso é comparável às populações inteiras de Portugal, Suécia e Suíça ao mesmo tempo.
  1. Ao passo que o título “Empresa da Lista Fortune 500” é bastante cobiçado, ser o presidente-executivo duma empresa “Fortune 500” é igualmente atraidor das atenções. Os presidentes-executivos das empresas “Fortune 500” são, frequentemente, consultados para estratégias e conselhos de negócios.
  1. Nas entrevistas sobre as suas empresas no ano passado, os presidentes-executivos das empresas “Fortune 500” foram perguntados com “Qual é o maior desafio da sua empresa?”, o que resultou na resposta mais frequente de “Mudança tecnológica”. Isso demonstra a importância da inovação tecnológica para, até mesmo, as empresas com o maior sucesso.
  1. Entretanto, parece que esses desafios se manifestaram neste ano, já que a renda total das empresas “Fortune 500” caiu em 4,2%, quando comparada à lista do ano passado.
  1. Ainda pior, o lucro agregado caiu em 11%, quando comparado ao ano passado.
  1. A cada ano, as comparações como essas podem ser importantes, também. Muitas pessoas acreditam que a lista “Fortune 500” engloba tanta renda nacional (igual a dois terços do PIB dos EUA) que ela é uma ótima representação da economia dos EUA.
  1. Da mesma forma, nós podemos obter uma maior percepção sobre empresas específicas. Basta olhar as suas mudanças na lista “Fortune 500” ao longo do tempo.
  1. Como exemplo, o Wal-Mart ficou na primeira posição da lista pelo quarto ano consecutivo. O Facebook subiu em 85 posições neste ano, e a Amazon chegou a topo das 20 maiores empresas pela primeira vez.

15. No nível mais básico, conhecer a lista “Fortune 500” pode ajudar os investidores, para que eles avaliem algumas das maiores empresas com transações públicas dos EUA.

Caso você não tenha visto a lista “Fortune 500” deste ano, por favor, confira-a! A cada ano, a lista muda. Na verdade, apenas 12% das empresas que foram listadas na primeira versão da lista “Fortune 500” - em 1955 – estão presentes na lista atual. Sendo assim, a lista “Fortune 500” pode ser uma ferramenta de avaliação de sucesso dos ramos de negócios ao longo do tempo ou uma amostra do modo como algumas das maiores empresas dos EUA estão desempenhado nos dias de hoje. De qualquer forma, tornar-se familiar com a lista pode deixar você mais bem informado sobre os seus investimentos.