5 Resoluções Financeiras Para o Ano Novo Que Você Pode Realmente Manter

Por Brian Dolan, Diretor de Educação Financeira Uma coisa é dizer para si mesmo no Ano Novo que você decidiu ir ao ginásio todos os dias, ou comer mais saudavelmente e, se tudo correr bem, perder peso.  Outra coisa é tentar manter essas decisões, dia após dia após dia.  Não surpreende que a maioria de nós não consiga manter esse tipo de resoluções de Ano Novo.

Por que não fazer algumas resoluções simples que podem tomar apenas algumas horas mas, ainda assim, melhorar seu futuro financeiro para os próximos anos? Confira esta lista de cinco resoluções financeiras fáceis você pode fazer manter sem muito esforço. Se você fizer isso, você vai agradecer a si mesmo dentro de um ano. E por muitos anos.

  1. Faça um Orçamento. Eu sei, eu sei: sem graça, fraco, chato. Mas não subestime o impacto que um orçamento pode ter em suas perspectivas financeiras. Controle seus gastos através da especificação de suas despesas e encontre áreas onde você pode cortar. Faça do seu objetivo encontrar dinheiro extra que você possa usar para economizar e investir. Aprenda como Criar um Orçamento e Economizar Dinheiro,e use a Calculadora de Orçamento da DriveWealth para somar tudo isso. Provavelmente, tomará menos de uma hora para juntar suas contas mensais (use pagamentos anteriores se necessário) e criar um orçamento.
  2. Comece a Economizar e a Investir. Se você pertence à vasta maioria de pessoas que ainda não começou a economizar e investir para o futuro, nunca é tarde demais para começar. E quanto mais cedo você começar, mais tempo os seus investimentos terão para crescer através da magia da capitalização. Use o dinheiro que você encontrou em seu orçamento e aplique-o. Não sabe por onde começar? Gaste 20 minutos lendo o Roteiro para Seu Futuro Financeiro para começar. Explore melhor as Fundações de Investimento.
  3. Automatize Sua Poupança e seus Investimentos. Se você ainda não está contribuindo para um plano de poupança patrocinado pelo empregador, inscreva-se! Contribua tanto quanto possível, especialmente se o seu empregador oferecer contribuições equiparadas (É dinheiro grátis!). Se você não tem um plano no trabalho ou trabalha por conta própria, divida seu depósito direto entre conta corrente e conta de poupança (IRA ou SEP). Gaste 20 minutos com o seu administrador salarial e veja as economias se acumularem.
  4. Reveja seus Investimentos para Alocação de Ativos. Use o Ano Novo para redescobrir aquilo em que você investiu, com particular atenção n alocação de ativos (a combinação de investimentos que você possui, como ações contra obrigações). Não pense demasiado em escolher fundos individuais para cada classe de ativos,uma vez que é provável que a maioria tenha, no longo prazo, um desempenho semelhante ao de seus concorrentes. Em vez disso, certifique-se de que sua combinação de classes de ativos está em linha com seus objetivos e seu horizonte temporal de investimento. 30 minutos por ano dedicados à alocação de ativos podem ter um impacto enorme sobre os resultados a longo prazo.
  5. Consolide sua Carteira e Minimize os Custos de Investimento. Parte de sua análise sobre a alocação de ativos passa por prestar atenção na sobreposição de investimentos em sua carteira. Aquela alocação de 70% para ações, por exemplo, pode ser dividida entre 3 ou 4 fundos de ações diferentes. Pondere a possibilidade de consolidá-los através de um fundo indexado a um índice ou ETF com despesas menores, o que lhe dará a mesma exposição que um conjunto de fundos. Deixe a escolha de ações para os profissionais, e deixe-as desvalorizar abaixo do índice de mercado. Gaste 30 minutos consolidando seus investimentos. Você vai dormir melhor, e com um custo mais baixo! Além disso, não esqueça os ETF indexados par o resto do mundo.

É isso. Cinco passos simples em cerca de três horas para ajudar você a construir seu futuro financeiro em 2016.

Feliz Ano Novo e Investimentos Felizes!