Recessions, Bubbles & Crashes: What You Need To Know

This Post is Brought to Your By Our Partner, Wall Street Survivor. See the original post here. A questão que todos se colocam: estamos em uma bolha?

Desde que o S&P 500 caiu de seu ponto mais alto de sempre (cerca de 2.100), os investidores ficaram muito ansiosos sobre o futuro do mercado. Será que estamos em uma bolha? Será que o mercado vai cair? Se for assim, será que vamos ter uma recessão igual à infame recessão de 2008?

Bem. Podemos ver as coisas com alguma calma?

Mercados em Alta

No momento em que este artigo esta sendo escrito, a atual de mercado (um mercado no qual os preços estão subindo) tem cerca de 6.5 anos. Quase 3 anos mais do que a alta de mercado média, se considerarmos todas essas altas desde 1932.

E se recuarmos ainda mais no tempo?

Se olharmos para todos as altas de mercado desde 1871 (sim, há registros dessa época), vemos que a mediana das altas de mercado é de 50 meses (pouco mais de 4 anos). A atual está já em seu 79.ºmês (medida a partir de março de 2009). Isto significa que a atual é mais de 50% mais longa do que a alta mediana. Caso você não tenha entendido: a atual alta do mercado de ações é 50% mais longa do que metade de todas as altas dos últimos 144 anos.

A mediana das altas de mercado também gerou 124% de ganhos no mercado de ações durante esse período. Em comparação, nos últimos 6 anos e meio o mercado produziu quase 200% de ganhos. É fácil ver que o mercado está bastante bom... Mas, embora possam sobreviver muito tempo, as altas de mercado não morrem apenas de velhice.

 

 

recession bubble

Porém, quando você compara essa "bolha" com outras altas de mercado de longa duração, você constata que ele pode ainda ir muito mais longe. Embora a atual alta ocupe confortavelmente o 5.º lugar, a alta imediatamente superior terminou em 1929 (ameaçador...), com uma duração de 98 meses. Assim, a atual alta teria de continuar subindo por mais 20 meses para tomar esse lugar.

As altas de mercado tendem a desabar por um motivo. Em 2008, houve a crise dos empréstimos sub-prime. Em 2001, houve o estouro da bolha do "ponto com", causando a morte prematura de muitas empresas de internet recém-formadas. Sites como o pets.com desapareceram completamente, enquanto nomes mais conhecidos como a Amazon viram os preços de suas ações caírem abruptamente.

Então, o que poderá esperar um investidor quando uma bolha estoura? O que significa ao certo um mercado em baixa (um mercado onde os preços estão caindo)? Será um caos completo, com as ações caindo para zero e as pessoas se jogando de cima dos arranha-céus?

* Se está se sentindo confuso, recomendamos que visite este curso detalhado sobre recessões, bolhas e quedas.

Mercados em baixa

Bem, de todos as quebras de mercado desde 1871, a quebra mediana durou perto de 24 meses (2 anos inteiros) e levou cerca de 38% dos ganhos anteriores do mercado de ações. Note que uma queda de mercado é, em média, mais curta do que uma alta. O que torna esse número mais assustador é que, devido à maneira como a capitalização funciona, um ganho de 100% é totalmente eliminado por uma perda de 50%, enquanto uma perda de 50% necessita de um ganho de 100% para você voltar ao nível anterior.

Assim como as altas de mercado, as quedas podem ser de vários tipos diferentes. Podem ser curtas e intensas, como a de 1962, que durou apenas 7 meses e eliminou quase um quarto dos ganhos anteriores do mercado, ou podem ser longas e lentas - como a que ocorreu entre 1910 e 1921.

 

recession bubble

Então... Se você colocar tudo isso junto, você tem um mercado que atualmente está bastante maduro. Sabemos que uma queda de mercado poderia destruir todo o trabalho que tem sido feito nos últimos 79 meses, e poderia fazê-lo muito rapidamente.

O equilíbrio do mercado é muito delicado.

Você tem que perguntar para você mesmo: você acredita que este mercado irá crescer por mais dois anos, batendo o recorde estabelecido pela alta de 1929?

Vendo todos os dados, nós teríamos que dizer... não. Muitos fatores atuam contra isso.

Neste momento, os preços do petróleo pesam muito sobre o setor da energia, um setor que representa quase 20% do mercado global dos EUA.

A China, um dos principais parceiros comerciais dos EUA, está enfrentando dificuldades - o que torna mais difícil argumentar que teremos um crescimento forte e continuado. Se a China importa 10% de todas as exportações dos EUA, o que acontecerá com as empresas americanas quando a China começar a dizer "não, obrigado"?

 

recession bubble

Acrescente os problemas na Europa e no Japão, e as perspectivas econômicas globais parecem ser realmente muito desanimadoras.

A questão passa então a ser: de onde virá o crescimento?

Se existir algum crescimento, ele provavelmente virá de onde tem vindo desde 2009: da Reserva Federal dos Estados Unidos.

O FED tem apoiado o mercado de ações há algum tempo, deixando as > taxas de juros <perto de zero, tornando os > títulos de dívida < menos atraentes para os investidores, e empurrando o investidor marginal para as ações. Isso faz com que as ações aumentem artificialmente.

O FED está vendo tudo isso de longe, mas não quis, até agora, aumentar as taxas de juros porque teme muito o que poderá acontecer com o > mercado de ações <.

A única razão, em nossa humilde opinião, pela qual esta alta de mercado poderá não terminar com uma queda catastrófica é que as pessoas parecem estar sendo muito cautelosas. Os eventos do último ano parecem refletir isso. No último ano, o mercado de ações tem estado plano. As pessoas apenas querem ver o que acontece. Há uma frase famosa que diz: "as altas de mercado amadurecem no otimismo e morrem na euforia", e até agora há um pouco de otimismo mas não muita euforia.

Na verdade, a sobranceria é proveniente do mundo da tecnologia, onde as valorizações de startups como a Uber e a AirBnB estão atingindo proporções loucas. Mas, considerando que todas elas são  empresas privadas, o seu destino não tem muita influência no mercado de ações.

A coisa mais prudente a fazer é se preparar para o pior. Quando chegar o momento em que simplesmente não parece que as coisas vão melhorar, é necessário tomar precauções para proteger seu investimento principal/inicial.

Boa sorte!

 

______________________________________________________

Third Party Content Any information or content made available on the DriveWealth Platforms and Related Services by third parties (“Third Party Providers”) is solely the content of such third parties (“Third Party Content”). DriveWealth makes no warranties and expressly disclaims all other warranties regarding the correctness, quality, accuracy, completeness, reliability or usefulness of such Third Party Content, or the results that may be obtained from the use of the Third Party Content. Visitors are responsible to evaluate Third Party Content, the Company shall not be liable for any damage or loss caused by visitors’ reliance on or other use of Third Party Content. Such Third Party Content includes, but is not limited to, the content of the following Third Party Providers: Wall Street Survivor.

 

graphic